UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

13/02/2007 - 07h56

PANORAMA1-Mercado digere corte do Orçamento e balanços de peso

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 13 de fevereiro (Reuters) - O mercado, sempre preocupado com o compromisso fiscal do país, confere nesta terça-feira os cortes no Orçamento de 2007, além do balanço trimestral de companhias brasileiras de peso.

No ano passado, o governo contingenciou 14,2 bilhões de reais em verbas orçamentárias. Em 2007, a "tesoura" irá preservar os recursos destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) --que volta à cena em duas apresentações: ao Conselho Político de Coalizão, pela manhã, e à Câmara dos Deputados, no fim desta tarde.

A agenda de resultados continua aquecida, com o anúncio de Petrobras <PETR4.SA> e Itaú <ITAU4.SA>.

O mercado vai digerir também a avaliação da Comissão de Valores Mobiliários sobre a oferta de aquisição de ações (OPA) da Mittal pelas ações de minoritários da Arcelor Brasil <ARCE3.SA>. A CVM impôs exigências para o registro da OPA, que devem ser cumpridas até 27 de fevereiro.

Entre elas, está a exigência para que o cálculo do preço a ser pago por ação da Arcelor Brasil esteja baseado no preço de mercado dos papéis no momento do anúncio da oferta.

No mercado de câmbio, o Banco Central faz um leilão de swap cambial reverso, com oferta equivalente a 495 milhões de dólares. Embora a operação tenha como objetivo rolar um vencimento de 1o de março, deve ter a atenção do mercado --atento às últimas compras de dólar do BC no mercado à vista.

Depois de cair ao menor nível em nove meses, o dólar subiu nas últimas quatro sessões com um impulso da autoridade monetária.

Na Europa, o Produto Interno Bruto de 2006 pode ajudar a balizar as expectativas do mercado sobre o rumo do juro no zona do euro.

Para ler a agenda do dia, clique [nN12365160]

Veja como encerraram os principais mercados naa segunda-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,114 reais, com alta de 0,24 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário foi de 2,66 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em baixa de 0,79 por cento, a 43.934 pontos. O volume financeiro foi de 4,398 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros recuou 1,26 por cento, aos 22.339 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) caiu na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 recuou a 12,19 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 cedeu para 12,03 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 132,375 por cento do valor de face no fim da tarde, oferecendo rendimento de 6,07 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 2 pontos, para 182 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 169 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, cedia e o rendimento avançava a 4,81 por cento, ante 4,79 por cento no final da sexta-feira.

(Reportagem adicional de Nathália Ferreira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host