UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

23/02/2007 - 18h52

PANORAMA2-Após recordes, semana curta fecha com embolso de lucro

Por Nathália Ferreira

SÃO PAULO, 23 de fevereiro (Reuters) - A semana mais curta pelo feriado de Carnaval terminou com realização de lucros na Bolsa de Valores de São Paulo e dólar em alta diante da atuação do Banco Central.

A bolsa paulista registrou fechamento recorde nas duas últimas sessões, o que levou investidores à realização nesta sexta-feira.

Entre os destaques de baixa na Bovespa, as ações da Companhia Vale do Rio Doce <VALE5.SA> recuaram 1,57 por cento. Já a Petrobras <PETR4.SA> conseguiu subir 0,84 por cento, com o avanço dos preços internacionais do petróleo.

"O mercado bateu recorde, então o pessoal aproveita para realizar e colocar lucro no bolso", disse Rodrigo Mattos, operador da corretora Agenda.

A preocupação com os preços do petróleo e as consequências sobre a inflação nos Estados Unidos abateu as bolsas de valores norte-americanas, o que reforçou a baixa no mercado brasileiro.

O movimento abriu espaço para as tesourarias também se ajustarem no mercado de câmbio e recomporem posições, em meio a uma atuação mais firme do Banco Central.

A autoridade monetária tem comprado, em média, 500 milhões de dólares nos leilões de compra diários, afirmam analistas. Isso se reflete no nível histórico das reservas internacionas, cada dia mais perto dos 100 bilhões de dólares.

Ainda assim, analistas lembraram que o fluxo de ingressos no país, tanto de exportações quanto de investidores externos, garante tendência de queda para o dólar. Dados do BC mostraram que o fluxo cambial no mês até o dia 22 está positivo em 5,361 bilhões de dólares.

Os investimentos estrangeiros diretos atingiram em janeiro o melhor patamar para o mês desde 2000, em 2,412 bilhões de dólares. Na Bovespa, o saldo de estrangeiros em fevereiro até o dia 16 está positivo em 1,159 bilhões de reais.

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,090 reais, com alta de 0,34 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário foi de 3,53 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em baixa de 0,94 por cento, a 46.015 pontos. O volume financeiro foi de 3,038 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

Perto do fechamento, o índice de principais ADRs brasileiros recuava 1,07 por cento, aos 23.173 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria de contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em alta na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 avançou a 12,09 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 subiu a 11,82 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 133,875 por cento do valor de face no fim da tarde, oferecendo rendimento de 5,87 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil subia 1 ponto, para 177 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 167 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía a 4,68 por cento, ante 4,73 por cento no final da quinta-feira.

(Reportagem adicional de Silvio Cascione)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host