UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

27/02/2007 - 23h33

Ações asiáticas caem após perdas na China e em Wall Street

Por Tony Munroe

HONG KONG (Reuters) - As ações asiáticas caíam na quarta-feira (horário local) com a onda global de vendas iniciada na China ganhando força após a queda de mais de 3 por cento nas bolsas de valores dos Estados Unidos na terça-feira.

Assombrados pelo colapso das ações chinesas na terça-feira e pelos dados frustrantes sobre o setor manufatureiro nos EUA, os investidores fugiram de ativos mais arriscados em direção a bônus mais seguros, o que levou o índice Dow Jones a registrar sua maior queda, em termos de pontos, desde as sessões seguintes aos atentados de 11 de setembro de 2001.

Os índices asiáticos acompanhavam a tendência de Wall Street e, em alguns casos, superavam as perdas registradas nos EUA, com o índice Nikkei da bolsa japonesa caindo mais de 3 por cento, assim como o índice da bolsa sul-coreana .

O principal índice da bolsa de Xangai chegou a abrir em baixa de 1,34 por cento, após a queda de 9 por cento da véspera, mas já registrava alta de 0,93 por cento às 23h26.

"Todos estão esperando para ver quando as vendas vão parar", disse Toshihiko Matsuno, gerente assistente-geral do departamento de pesquisa de investimentos do SMC Friend Securities em Tóquio.

"De vez em quando você vê este tipo de pânico de venda no mercado. Até que isso se acalme, os movimentos são drásticos. É isto que estamos enfrentando agora", acrescentou.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host