UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

09/03/2007 - 18h48

PANORAMA2-Emprego nos EUA alivia mercados, dólar cai a R$2,099

Por Daniela Machado

SÃO PAULO, 9 de março (Reuters) - O mercado de trabalho norte-americano mostrou dados em linha com o esperado em fevereiro e abriu caminho para mais uma rodada de recuperação dos ativos brasileiros nesta sexta-feira.

O dólar caiu abaixo de 2,10 reais pela primeira vez desde que as preocupações com o crescimento dos Estados Unidos e da China tumultuaram os mercados globais. A Bovespa encerrou em alta de 1,5 por cento.

"Há evidências de que a recente onda de vendas em emergentes tem vida curta, dando espaço para que o real teste novas máximas (ante o dólar)", avaliou o BNP Paribas em relatório. "Em termos de fundamentos macroeconômicos, há espaço para mais apreciação do real."

Ao longo do dia, a bolsa paulista chegou a perder força na cola de Wall Street, em que as ações foram afetadas por preocupações com os empréstimos imobiliários de risco maior (subprime) nos EUA.

Essa inquietação ofuscou o otimismo com o relatório do Departamento de Trabalho que mostrou criação de 97 mil vagas no mês passado, ante previsão de 100 mil.

O aumento dos postos de trabalho foi o menor em dois anos, mas os dados dos meses anteriores foram revisados para cima e a taxa de desemprego caiu.

O índice Dow Jones <.DJI> subiu apenas 0,13 por cento e o indicador tecnológico Nasdaq <.IXIC> terminou estável.

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,099 reais, em queda de 0,38 por cento.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em alta de 1,54 por cento, a 44.133 pontos, depois. O volume financeiro foi de 3,04 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros subiu 1,66 por cento, aos 22.091 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros, os contratos de DI encerraram com tendência mista. O DI maio de 2007 fechou em alta, a 12,58 por cento. Já o DI janeiro de 2008 caiu a 12,05 por cento, e o DI janeiro de 2009 recuou para 11,83 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava levemente no final da tarde, para 133,75 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,86 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil cedia 8 pontos, para 190 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 179 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento avançava para 4,59 por cento, ante 4,52 por cento no final da quinta-feira.

(Reportagem adicional de Silvio Cascione e Juliana Siqueira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host