UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

12/03/2007 - 11h12

Credores da New Century vão suspender concessão de financiamento

Por Tim McLaughlin

NOVA YORK (Reuters) - A New Century Financial Corp, a maior instituição independente dos Estados Unidos que atua com os chamados empréstimos subprime, informou na segunda-feira que seus credores planejam suspender o fluxo de recursos à empresa, movimento que pode deixar a companhia ainda mais próxima da falência.

As ações da empresa caíram 48 por cento antes do início do pregão regular da bolsa de Nova York, para 1,66 dólar. Depois da abertura do mercado, a bolsa adiou os negócios com papéis da empresa, citando uma pendência sobre alguns anúncios da companhia.

As ações da New Century, que acumulam queda de 89 por cento neste mês, sofreram com uma série de anúncios negativos, incluindo o comunicado de que a empresa irá suspender a concessão de novos empréstimos e de que é alvo de um inquérito criminal.

Os problemas da New Century fazem parte de um processo maior de desmonte entre financiadores de empréstimos para consumidores com histórico de crédito mais fraco. O setor tem sofrido em meio a um aumento das taxas de inadimplência.

"A empresa e suas subsidiárias não têm liquidez suficiente para satisfazer suas obrigações de resgate sob os acordos financeiros existentes", afirmou a New Century.

A instituição informou ainda que não tem garantias de que conseguirá financiamento adequado para cumprir suas obrigações.

A New Century divulgou que recebeu duas cartas do Banco of America, cada uma datada de quinta-feira, afirmando que certas subsidiárias da instituição não cumpriram com obrigações.

O Citigroup e o Barclays Bank enviaram avisos semelhantes, informou a instituição.

A New Century tem agora menos de 60 milhões de dólares em caixa, o que a coloca em situação de quebra de muitos de seus contratos de empréstimos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host