UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

13/03/2007 - 18h39

Novo fundo de private equity da Advent na AL pode superar US$1bi

SÃO PAULO, 13 de março (Reuters) - A norte-americana Advent International está criando um novo fundo latino-americano de private equity que pode superar 1 bilhão de dólares.

A Advent, sediada em Boston, investe na região desde 1996 e já criou três fundos de private equity na América Latina que somam juntos cerca de 900 milhões de dólares.

"Provavelmente (o novo fundo) terá um valor acima de 1 bilhão de dólares, então isso demonstra um crescimento exponencial dessa indústria na nossa região", disse nesta terça-feira, durante palestra, o responsável pelo escritório da Advent no Brasil, Patrice Etlin.

A Advent administra mais de 10 bilhões de dólares globalmente alocados em fundos de private equity, veículos de investimento que colocam dinheiro em empresas de capital fechado com grandes chances de crescimento.

Após debate em congresso organizado pela Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (ABVCAP), Etlin disse a jornalistas que não poderia dar detalhes sobre o novo fundo.

Em meados de janeiro, fontes haviam dito à Reuters que a Advent planejava um fundo latino-americano de 1 bilhão de dólares para compra, reestruturação e posterior possível venda de empresas. Na ocasião, a Advent recusou-se a comentar o assunto.

No Brasil, a Advent já fez investimentos em companhias como a operadora de lojas duty free Dufry <DUFB11.SA>, a produtora de software Microsiga (atual Totvs <TOTS3.SA>), a lavanderia industrial Atmosfera e a J.Malucelli Seguradora.

Das quatro, as duas primeiras estão na Bolsa de Valores de São Paulo e as outras duas já registraram prospecto para ofertas públicas de ações que devem ocorrer em até 45 dias.

"Daqui a 1 mês e meio não vou ter mais carteira para administrar, todas as empresas (investidas no Brasil) vão estar públicas ou vendidas", comentou Etlin na palestra.

A queda da taxa básica de juros no Brasil, que reduzirá a atratividade da renda fixa, deve aumentar a procura por investimentos em renda variável e em instrumentos alternativos como os fundos de private equity, avaliam especialistas.

Os investimentos totais no setor produtivo realizados pelos fundos de private equity e venture capital devem dobrar em 2007 no Brasil, atingindo mais de 2 bilhões de dólares, segundo projeção da ABVCAP.

Dos três fundos da Advent na América Latina apenas o primeiro está totalmente investido e realizado, de acordo com Etlin.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host