UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

13/03/2007 - 08h29

PANORAMA1-Varejo dos EUA recebe atenção especial do mercado

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 13 de março (Reuters) - Depois de uma segunda-feira relativamente tranquila no mercado financeiro, o relatório de vendas no varejo norte-americano abre efetivamente uma semana de muitos eventos. Investidores, que continuam com um pé atrás depois da turbulência vista no fim de fevereiro, vão buscar nele sinais sobre o ritmo da desaceleração dos Estados Unidos.

A expectativa de analistas é que as vendas tenham crescido 0,3 por cento, mesmo nível das vendas excluindo automóveis.[ID:nN12365039]

"A semana promete ser movimentada no mercado financeiro, no que depender do ambiente externo. Nos EUA a agenda recheada de indicadores econômicos ficará no centro das atenções durante toda a semana", escreveu a SulAmérica Investimentos em relatório.

"Qualquer sinal diferente do esperado desses indicadores poderá trazer um aumento na volatilidade e na aversão do risco entre os investidores", complementou.

Entre os dados aguardados estão indicadores de inflação e produção industrial nos Estados Unidos e a ata da última reunião do Copom no Brasil.

Já entre as notícias coporativas, é aguarda para esta terça-feira a decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre o recurso apresentado pela Arcelor Mittal em relação à oferta de ações a minoritários da Arcelor Brasil <ARCE3.SA>. A empresa ofereceu preço que os minoritários julgaram injusto. [ID:nN28420873]

Nos Estados Unidos, a atualização das projeções das Texas Instruments <TXN.N> pode ter algum impacto. A maior fabricante de chips para celulares do mundo reduziu sua faixa de previsão para a receita e o lucro do primeiro trimestre, fazendo as ações caírem 1,8 por cento no pregão eletrônico.[ID:nN12376676]

O executivo de relações com investidores da empresa disse, entretanto, que o nível dos estoques está melhorando e que o crescimento deve ser retomado no segundo trimestre.

Para ler a agenda do dia, clique [nN12347755]

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,088 reais, em baixa de 0,52 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário ficou em 2,9 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em alta de 0,26 por cento, a 44.249 pontos. O volume financeiro foi de 2,94 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros avançou 0,79 por cento, aos 22.265 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) encerrou em baixa na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 recuou para 12,01 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 caiu a 11,77 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 133,875 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,85 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil mostrava estabilidade, a 190 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 180 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 4,56 por cento, ante 4,59 por cento no final da sexta-feira-feira.

(Com reportagem de Silvio Cascione)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host