UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

14/03/2007 - 16h33

ATUALIZA-Barclays cobra US$900 mi da New Century

(Texto atualizado com detalhes)

NOVA YORK, 14 de março (Reuters) - A New Century Financial <NEWC.PK>, maior financiadora subprime independente dos Estados Unidos, informou que o Barclays <BARC.L> pediu a recompra imediata de cerca de 900 milhões de dólares em empréstimos hipotecários.

O anúncio deve fazer com que a a empresa, baseada na Califórnia, fique mais perto da concordata, algo já esperado por muitos analistas.

A New Century afirmou na segunda-feira que tinha menos de 60 milhões de dólares em caixa. A empresa comunicou que os credores podem forçá-la a pagar mais de 8 bilhões de dólares que a companhia não tem.

Em documento registrado nesta quarta-feira na Securities and Exchange Commission (SEC), órgão regulador do mercado de capitais dos EUA, a New Century afirmou que o Barclays notificou no dia 12 de março um default em um acordo de recompra.

A empresa afirmou que uma notificação no dia seguinte propôs que fosse acelerada a obrigação de recompra total dos financimentos feitos sob o acordo, que seria encerrado. A companhia estima que a obrigação de recompra envolva cerca de 900 milhões de dólares.

Separadamente, a New Century disse que está revisando a decisão da Bolsa de Valores de Nova York que suspende as negociações das ações ordinárias da companhia e também as ordens de diversos órgãos reguladores estatais para não aceitar novos pedidos empréstimos. A empresa disse que pretende cumprir com a ordem enquanto não entra com uma apelação.

As financiadoras subprime emprestam dinheiro a pessoas com perfil de crédito ruim. As empresas do setor nos EUA foram abaladas pelo aumento da inadimplência e dos calotes.

As ações da New Century caíam 14,2 por cento, para 0,73 dólar.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host