UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

23/03/2007 - 08h29

PANORAMA1-Final de semana põe mercados em compasso de espera

Por Daniela Machado

SÃO PAULO, 23 de março (Reuters) - A cautela que predominou nos negócios da quinta-feira tende a ser mantida no encerramento da semana. Depois de um forte rali pela avaliação de que o juro norte-americano pode cair em breve, os investidores pararam para avaliar o cenário.

O tom desta sexta-feira não deve ser diferente. Ainda mais quando se leva em conta que a leitura final do PIB norte-americano do quarto trimestre e a revisão do crescimento brasileiro em 2006 serão conhecidos na próxima semana.

Na véspera, os Treasuries já adotaram uma postura mais branda sobre o comunicado do Fed.

Os preços dos títulos do Tesouro dos EUA caíram, por dúvidas sobre se a mudança na linguagem do Fed --que retirou de seu comunicado a menção à possibilidade de um "aperto adicional"-- vai gerar mesmo um corte do juro em breve.

"Acho que o comunicado é significativo apenas porque volta (a uma postura) neutra, mesmo que seja um tom ligeiramente mais diferente do visto nos últimos momentos neutros", disse Michael Cloherty, do Banc of America Securities, em Nova York.

Nesta manhã, o mercado acompanha o desempenho das vendas de moradias usadas nos EUA em fevereiro. No Brasil, serão divulgados o IPCA-15 de março, com expectativa de desaceleração, e as contas externas do país em fevereiro, além do resultado fiscal do governo central do mês passado.

Os investidores também digerem o resultado da Embraer <EMBR3.SA> no quarto trimestre, divulgado na noite de quinta-feira.

A fabricante de aviões apurou um lucro de 215,6 milhões de reais no quatro trimestre do ano passado, ante ganho de 205,2 milhões de reais no mesmo período de 2005 [ID:nN23362976].

Para ler a agenda do dia, clique [nN23308837]

Veja como encerraram os principais mercados na quinta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,061 reais, com variação positiva de 0,05 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário foi de 2,994 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em baixa de 0,45 por cento, a 45.424 pontos. O volume financeiro alcançou 3,59 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros declinou 0,37 por cento, para 22.967 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) caiu na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 ficou estável, a 12,03 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 cedeu a 11,65 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, mostrava estabilidade no final da tarde, a 134,750 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,72 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 6 pontos, para 176 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 171 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia para 4,58 por cento, ante 4,54 por cento no final da quarta-feira.

(Reportagem adicional de Nathália Ferreira e Silvio Cascione em São Paulo e John Parry em Nova York)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host