UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

03/04/2007 - 14h41

Reabertura do bônus 2017 deve sair perto do preço do papel na 2a

NOVA YORK, 3 de abril (Reuters) - Analistas de mercado estimam que a reabertura da emissão do bônus do governo brasileiro com vencimento em 2017 saia com um preço próximo ao valor registrado pelo papel na segunda-feira.

"A expectativa do mercado para o preço da reabertura indica um desconto de 2 a 3 pontos básicos em relação ao fechamento de segunda-feira, de 101,05 (por cento do valor de face)", afirmou Gautam Jain, estrategista de América Latina do Barclays Capital, em Nova York, em nota.

"Nós acreditamos que o bônus é atrativo neste nível de venda", acrescentou.

Em comunicado nesta manhã, o Tesouro Nacional informou ter concedido mandato para a reabertura do bônus <BRAGLB17=RR>, mas não deu mais detalhes sobre a operação.

Segundo fontes do mercado, a oferta está sendo coordenada pelo Morgan Stanley e Merrill Lynch. A expectativa é que o governo brasileiro capte 500 milhões de dólares.

A primeira emissão do bônus foi feita em novembro do ano passado, quando o Tesouro captou 1,5 bilhão de dólares, pagando 6,249 por cento de rendimento aos compradores do papel.

Essa é a quarta operação no mercado externo feito pelo governo neste ano. Em março, o Tesouro reabriu a emissão de um bônus denominado em reais com vencimento em 2028.

O risco Brasil, medido pelo JP Morgan <11EMJ>, operava no início desta tarde em 164 pontos básicos, renovando o menor patamar já registrado. O Embi+, indicador que mede o risco de países emergentes estava em 163 pontos básicos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host