UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

04/04/2007 - 12h44

Petróleo cai após anúncio do Irã, mas dado dos EUA afeta ações

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos caíram fortemente e as ações tiveram um breve impulso nesta quarta-feira depois que o Irã anunciou a libertação dos marinheiros britânicos que haviam detido.

A notícia, no entanto, foi rapidamente ofuscada por dados mostrando que março foi o pior mês em quatro anos para o setor de serviços dos Estados Unidos.

Os preços do petróleo chegaram a cair para 63,56 dólares por barril depois de o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, dizer que o país libertará os 15 militares britânicos.

A tensão entre a Grã-Bretanha e o quarto maior exportador de petróleo do mundo tem sido a principal influência sobre a cotação do petróleo desde 23 de março, quando os britânicos foram detidos sob a alegação de terem entrado em águas iranianas.

Às 12h33 (horário de Brasília), o contrato maio nos Estados Unidos caía 0,77 dólar, para 63,87 dólares por barril.

O dólar reduziu brevemente as perdas contra o euro depois do anúncio iraniano, mas voltou a cair depois dos dados econômicos dos Estados Unidos, levando o euro a 1,3375 dólar. O dólar também caía ante a moeda japonesa para 118,68 ienes .

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse que seu índice para o setor de serviços caiu para 52,4 no mês passado, abaixo da leitura de 55,0 esperada por economistas. O componente de emprego do indicador caiu para 50,8, contra 52,2 em fevereiro.

"O relatório do ISM foi certamente decepcionante e de modo geral os dados levaram à baixa do dólar", disse Omer Esiner, analista de mercado da Ruesch Intrnational em Washington.

"O mercado de câmbio está preocupado com o relatório de postos de trabalho na sexta-feira e até lá provavelmente vamos ver o dólar variar bastante."

Os preços dos bônus do governo norte-americano subiram após a divulgação dos dados do ISM, com o título de 10 anos, com rendimento de 4,6423 por cento.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançava 0,12 por cento, para 12.525 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subia 0,25 por cento, para 2.456 pontos. O índice Standard & Poor's 500 tinha valorização de 0,04 por cento, para 1.438 pontos.

(Por Jennifer Coogan)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host