UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/04/2007 - 17h34

PANORAMA2-Sessão pré-feriado é de tranquilidade e novos recordes

Por Nathália Ferreira

SÃO PAULO, 5 de abril (Reuters) - A quinta-feira foi de tranquilidade nos mercados financeiros antes do feriado de Páscoa, e as poucas variações foram suficientes para que os ativos atingissem novos níveis recordes.

A Bolsa de Valores de São Paulo alcançou nova máxima histórica e o dólar fechou novamente na menor cotação desde março de 2001.

Os mercados financeiros globais também tiveram sessão ligeiramente positiva, acompanhando o declínio dos preços internacionais de petróleo por conta da redução das tensões geopolíticas com o Irã.

"Realmente não houve nada significativo que alterasse o viés de alta dos últimos dias", afirmou Michael James, operador sênior no banco de investimentos Wedbush Morgan, em Los Angeles.

Na quarta-feira, o Irã anunciou a decisão de libertar 15 marinheiros britânicos que estavam detidos, após duas semanas de impasses diplomáticos.

Mas os investidores se mostraram cautelosos em fazer grandes apostas nesta quinta-feira, antes da publicação do relatório de postos de trabalho dos Estados Unidos, na sexta --dia de feriado em vários países.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quinta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 2,032 reais, com baixa de 0,10 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário ficou em 3,50 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em alta de 0,2 por cento, a 46.646 pontos. O volume financeiro foi de 2,84 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros subiu 0,29 por cento, aos 23.871 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria de contratos de depósito interfinanceiro (DI) recuou na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 caiu a 11,92 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 cedeu a 11,59 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, apresentava estabilidade, negociado a 135,063 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,668 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 3 pontos, para 161 pontos-básicos. O EMBI+ também estava em 161 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia a 4,68 por cento, ante 4,65 por cento no final da quarta-feira.

(Reportagem adicional de Denise Luna)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host