UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

10/05/2007 - 13h03

REPERCUSSÃO2-Fitch confirma expectativa e eleva rating do Brasil

(Acrescenta comentário)

SÃO PAULO, 10 de maio (Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch elevou nesta quinta-feira o rating do Brasil para "BB+", um degrau abaixo do grau de investimento.

Os mercados financeiros já vinham comentando, recentemente, a possibilidade de uma elevação da nota do país.

A seguir comentários de analistas.

PAULO FRANCINI, DIRETOR DE PESQUISAS ECONÔMICAS, FIESP:

"Nessa luta para atingir o 'investment grade' e ter acesso a crédito mais barato é positivo, mas não a salvação da lavoura, porque alguns países que já tiveram grau de investimento continuaram na mesma. Agora vamos ver o impacto no câmbio. Se trouxer como consequência uma valorização adicional da moeda (brasileira) é ruim para a indústria."

JOÃO MEDEIROS, DIRETOR DE CÂMBIO, CORRETORA PIONNER:

"Dentro da oferta fantástica que existe no Brasil e no mundo, e enquanto mantivermos a taxa de juros assim alta, vamos receber muito mais dinheiro... Então isso (a reclassificação de rating) inclusive é um agravante para que a taxa de câmbio se aprecie ainda mais."

SILVIO CAMPOS NETO, ECONOMISTA-CHEFE, BANCO SCHAHIN:

"O mercado já vinha há algum tempo prevendo isso, os fundamentos já indicavam essa situação (por isso os mercados não reagiram significativamente). E também tem que considerar que parte do otimismo recente dos mercados já embutia, de certa forma, um upgrade. O Brasil está no caminho para grau de investimento, mas acho que ainda demora um pouco. Acho que é mais para o final do ano que vem ou início de 2009."

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host