UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

18/05/2007 - 08h40

PANORAMA1-Pacote de medidas da China coroa fechamento da semana

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 18 de maio (Reuters) - O Banco Central da China lançou nesta sexta-feira um pacote de medidas monetárias que inclui aumento na faixa de flutuação da moeda local e juros mais altos para os tomadores de empréstimos.

O pacote será destaque nas mesas de operação e coroa uma semana marcada por vários recordes nas bolsas de valores e pelo rompimento da barreira dos dois reais da cotação do dólar no mercado de câmbio brasileiro.

De acordo com o anúncio do BC chinês, a banda diária de negociação do iuan frente ao dólar será ampliada de 0,3 por cento para 0,5 por cento [ID:nN18465682]. No caso dos juros, a taxa para os empréstimos de um ano passaram de 6,39 por cento para 6,57 por cento [ID:nN18461063].

O mercado também deve ficar atento aos preços das commodities. Na quinta-feira, enquanto o barril do petróleo disparou e atingiu 70 dólares, os preços dos metais caíram.

Analistas vão continuar monitorando a atuação do Banco Central no câmbio, à medida que a divisa norte-americana busca um piso.

Investidores também estão na expectativa de um upgrade pela agência de classificação de risco Moody's, que ficou para trás depois das melhoras da recomendação do Brasil pelas rivais Fitch e Standard & Poor's.

Na Bovespa, a proximidade do exercício de opções, que acontece na segunda-feira, pode deixar o pregão mais volátil, embora o carro-chefe deva continuar sendo a matriz Wall Street.

E embora a semana que vem conte com alguns dados econômicos importantes, o mercado já começa a ficar na expectativa pela última semana do mês, quando será divulgada a ata da última reunião do Federal Reserve, o que deve dar mais ferramentas para as apostas do mercado sobre o rumo do juro norte-americano.

Na quinta-feira, o mercado reduziu a expectativa de corte para o juro da economia dos EUA, depois que dois relatórios indicaram maior força no ritmo da atividade da maior economia do mundo.

Para ler a agenda do dia, clique [nN18405032]

Veja como encerraram os principais mercados na quinta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,952 real, com baixa de 0,10 por cento.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em baixa de 0,21 por cento, a 51.631 pontos. O volume financeiro foi de 3,98 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros subiu 0,29 por cento, aos 27.183 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria de contratos de depósito interfinanceiro (DI) XXX na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 ficou em 11,33 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 ficou 10,48 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 135,5 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,57 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 5 pontos, para 143 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 154 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia 4,76 por cento, ante 4,72 por cento no final da quarta-feira.

(Reportagem adicional de Nathália Ferreira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host