UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

21/05/2007 - 17h54

Bovespa bate novo recorde e dólar cai para R$1,940

Por Nathália Ferreira

SÃO PAULO, 21 de maio (Reuters) - A fraca agenda econômica desta segunda-feira poderia sugerir um dia de pouca oscilação nos mercados, mas a Bolsa de Valores de São Paulo cravou novo recorde e o dólar acentuou a trajetória de baixa.

Logo pela manhã, o risco Brasil atingiu a mínima histórica de 138 pontos-básicos sobre os Treasuries, reforçando a confiança do investidor estrangeiro no país.

Ingressos de recursos e um superávit robusto da balança comercial na semana passada contribuíram para que o dólar recuasse mais de 1% e fechasse no menor nível desde janeiro de 2001.

O Banco Central fez um leilão de compra de dólares apenas nos últimos minutos da sessão, o que também acabou contribuindo para a queda da moeda norte-americana.

"O mercado estava esperando que o BC entrasse de manhã ou logo depois do almoço para comprar e dar uma aliviada, mas ele fez um leilão no finalzinho... realmente deixou (a cotação) descer até onde o mercado podia para depois entrar", avaliou Francisco Gimenez Neto, diretor de operações da corretora de câmbio NGO.

A Bovespa teve influência do exercício de opções, que movimentou R$ 1,95 bilhão, e do desempenho das ações do setor de telecomunicações.

Assim como nesta segunda-feira, a agenda de indicadores dos próximos dias será escassa. O foco recai sobre o dado de encomendas de bens duráveis nos Estados Unidos, com divulgação prevista para quinta-feira.

"Os números devem dar a primeira indicação sobre se a fraqueza no investimento empresarial está atingindo seu ponto mais baixo no segundo trimestre", apontou o WestLB em relatório.

Veja como encerraram os principais mercados nesta segunda-feira:

Câmbio
O dólar terminou a R$ 1,940, com baixa de 1,07%. O volume de negócios no segmento interbancário foi de US$ 4,57 bilhões.

Bolsa
A Bovespa encerrou em alta de 0,66%, a 52.423 pontos, pico histórico. O volume financeiro foi de R$ 6,12 bilhões, influenciado pelo exercício de opções.

ADRs brasileiros
O índice de principais ADRs brasileiros avançou 1,34 por cento, aos 27.927 pontos. O destaque ficou com Tele Norte Leste, com alta de 5,76%.

Juros
A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em baixa na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 recuou para 11,31%, enquanto o DI janeiro de 2009 caiu a 10,50%.

GLOBAL 40
O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, avançava para 135,250% do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,59% ao ano.

Risco-país
No final da tarde, o risco Brasil subia 2 pontos, para 142 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 154 pontos-básicos.

Treasuries de dez anos
O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, avançava e o rendimento caía para 4,79%, ante 4,81% no final da sexta-feira.

(Reportagem adicional de Juliana Siqueira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host