UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

31/05/2007 - 08h25

PANORAMA1-PIB dos EUA lidera lista longa de divulgações

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 31 de maio (Reuters) - O último dia do mês vai contar com uma série de dados econômicos norte-americanos, o que colabora com os analistas que tentam traçar um cenário mais claro sobre as perspectivas de crescimento e da política de juro da maior economia no mundo.

O ponto alto da sessão será o relatório sobre o Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre. A expectativa é de que a taxa de expansão da economia seja revisada para 0,8 por cento, após a leitura inicial de 1,3 por cento. O documento também inclui medidas de inflação, que continuam em destaque dada a contínua preocupação do Federal Reserve com o aumento de preços.

Também nesta quinta-feira saem outros dois relatórios importantes, o da atividade empresarial do Meio-Oeste e os pedidos de auxílio-desemprego.

A reação a esses dados, entretanto, deve ser parcialmente contida pela expectativa do mercado pelo relatório sobre o mercado de trabalho, que o governo norte-americano divulga na sexta-feira..

Na véspera a ata da última reunião do Fed mostrou que os formuladores de política monetária viram risco menor de desaceleração abrupta da economia, contribuindo para um rali de Wall Street e levando o S&P a sua máxima histórica. No Brasil, a Bovespa também renovou seu recorde, computando ganho de 7,3 por cento no mês.

Para ler a agenda do dia, clique [nN31446082]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,942 real, com queda de 0,41 por cento. O volume de negócios no segmento interbancário ficou em 5,568 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

A Bovespa encerrou em alta de 1,57 por cento, a 52.527 pontos. O volume financeiro foi de 4,17 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros avançou 1,64 por cento, aos 27.880 pontos. O destaque ficou com a Tele Norte Leste <TNE.N>, com alta de 3,31 por cento.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam sem tendência comum na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 subiu a 11,38 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 ficou estável em 10,67 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 134,19 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,72 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil avançava 1 ponto, para 144 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 154 pontos-básicos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, elevava-se e o rendimento recuava a 4,88 por cento, ante 4,89 por cento no final da terça-feira.

(Reportagem adicional de Nathália Ferreira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host