UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

04/06/2007 - 14h04

China aprova novos fundos de ações

Por George Chen e Charlie Zhu

XANGAI, 4 de junho (Reuters) - O órgão regulador da China aprovou quatro novos fundos para investir no mercado acionário do país, informaram fontes próximas à área nesta segunda-feira.

Para analistas, a decisão pode ajudar a incentivar a confiança do investidor.

A medida ocorre no dia em que o principal índice acionário da China <.SSEC> caiu 8,3 por cento, a segunda pior queda da década, após Pequim elevar a taxação sobre os negócios com ações.

A comissão de regulação da China deu o aval a quatro companhias de administração de recursos, incluindo joint ventures do francês Societe Generale <SOGN.PA> e da Invesco, dos Estados Unidos.

Cada um dos novos fundos poderá levantar até 10 bilhões de iuan (1,31 bilhão de dólares) para investir no mercado de "ações A".

"Achamos que esse é um claro sinal do regulador, embora não queira que o mercado avance muito rapidamente, de que acha que a correção de 15 a 20 por cento que tivemos até agora deve ser suficiente", afirmou Cheng Weiqing, estrategista da principal corretora da China, a CITIC Securities.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host