UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

08/06/2007 - 15h24

ATUALIZA-Gross, da Pimco: juro de curto prazo deve ficar estável

(Texto atualizado com informações sobre investimentos)

NOVA YORK, 8 de junho (Reuters) - Um dia depois de anunciar significativa mudança na sua previsão para o mercado de bônus, o gestor do maior fundo de títulos de países emergentes do mundo, Bill Gross, disse que o juro de curto prazo deve ficar estável, "se não moverem para baixo."

Em entrevista à rede de televisão CNBC, Gross, vice-presidente de investimentos da Pacific Investment Management Co. (Pimco), também disse que o ex-chairman do Federal Reserve Alan Greenspan ainda não mudou a forma de pensar da empresa sobre administração de recursos.

No mês passado, a Pimco fechou acordo com Greenspan para que ele faça consultoria para seus gestores de investimento regularmente.

Gross disse que nos próximos três a cinco anos o rendimento dos Treasuries dos EUA ficará acima do anteriormente previsto, baseado no ritmo do crescimento econômico global e em uma aceleração moderada da inflação norte-americana e no exterior.

Ele prevê agora que o rendimento do Treasury de 10 anos chegue nos 6,5 por cento no período de 3 a 5 anos, em relação à estimativa anterior de teto de 5,5 por cento. Na tarde desta sexta-feira, o rendimento do papel estava em 5,14 por cento.

Gross afirmou ainda que a Pimco investiu no real brasileiro <BRL=> para se aproveitar do crescimento global e da inflação, assim como sua vantagem de rendimento, de mais de 10 por cento.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host