UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

19/06/2007 - 19h23

Brasil emite R$750 mi com menor retorno para bônus em real

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - O Tesouro Nacional confirmou nesta terça-feira a emissão de 750 milhões de reais na reabertura dos bônus em reais com vencimento em 2028.

Os títulos saíram ao preço de 115,50 por cento do valor de face, oferecendo aos investidores retorno de 8,626 por cento ao ano --a menor taxa já conseguida pelo país com bônus em reais.

O Tesouro contava com a prerrogativa de emitir outros 50 milhões de reais na Ásia, mas informou em comunicado no início da noite que a operação não foi estendida.

A primeira emissão do bônus em real com vencimento em 2028 foi feita em fevereiro, quando o governo captou 1,5 bilhão de reais.

Depois disso, o Tesouro reabriu a emissão mais duas vezes, captando 750 milhões de reais em cada. Na última delas, no início de maio, o risco Brasil estava em torno de 150 pontos-básicos e os papéis ofereceram rendimento de 8,938 por cento ao ano.

No final desta tarde, o risco-país, medido pelo JP Morgan rondava 140 pontos-básicos.

A operação foi liderada pelos bancos JP Morgan e Credit Suisse Securities, tendo como co-gerentes Banco Itaú Europa e BB Securities.

A liquidação financeira da emissão ocorrerá no dia 26 e os cupons, de 10,25 por cento ao ano, serão pagos em 10 de janeiro e 10 de julho de cada ano.

(Com reportagem adicional de Nathália Ferreira em São Paulo e Walter Brandimarte em Nova York)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host