UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

20/06/2007 - 17h54

PANORAMA2-Mercado desanima por baixa em NY e receio com Treasury

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 20 de junho (Reuters) - Os mercados brasileiros tiveram uma quarta-feira de ajustes, depois que a queda do petróleo e a alta do rendimento dos Treasuries colocaram as bolsas norte-americanas em terreno negativo.

"Os bônus estão começando a enfraquecer (em preço)... o que pode gerar mais pressão sobre as ações", disse Steve Goldman, estrategista de mercado da Weeden & Co, em Connecticut. "É um catalisador para uma realização de lucros."

O dólar quase rompeu o piso de 1,90 real no segmento interbancário, mas a piora no exterior fez a moeda norte-americana avançar 1,21 por cento no fechamento.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) flertou novamente com os 55 mil pontos, marca histórica, mas também acompanhou as perdas em Wall Street.

A queda do petróleo colocou pressão adicional sobre o Ibovespa ao puxar para baixo as ações da Petrobras <PETR4.SA>, componente de maior peso no índice.

A agenda de indicadores no Brasil, porém, deu algum alento aos investidores. O Banco Central divulgou mais dados atrasados pela greve dos servidores da instituição, como expansão da base monetária e reservas internacionais --que, até 11 de junho, já tinham superado 140 bilhões de dólares.

Algumas informações tiveram divulgação parcial, como o fluxo cambial, que foi atualizado somente até os 13 primeiros dias úteis de maio.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,928 real, em alta de 1,21 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa recuou 1,12 por cento, a 54.029 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,9 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em queda de 2,16 por cento, aos 28.932 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em alta na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 subiu a 11,19 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 avançou a 10,56 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 131,625 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 6,03 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil mostrava estabilidade, a 143 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 151 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> caiu 1,07 por cento, para 13.489 pontos. O Nasdaq <.IXIC> cedeu 1,02 por cento, a 2.599 pontos. O índice Standard & Poor's 500 <.SPX> perdeu 1,36 por cento, a 1.512 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava no final da tarde e o rendimento subia a 5,14 por cento ante 5,09 por cento na terça-feira.

(Reportagem adicional de Juliana Siqueira e Daniela Machado)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host