UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

26/06/2007 - 13h42

Mercado desconfia de reestruturação e Cosan despenca de novo

SÃO PAULO, 26 de junho (Reuters) - As ações da Cosan <CSAN3.SA> chegaram a cair mais de 9 por cento nesta terça-feira, respondendo pelo terceiro maior giro da sessão, depois de já terem perdido quase 4 por cento na véspera.

O movimento segue o anúncio feito na segunda-feira de reestruturação da empresa, que inclui uma oferta global de ações de até 2 bilhões de dólares, que deixou investidores ressabiados.

"O mercado acionário reagiu de forma negativa ao anúncio da reorganização, com dúvidas em relação à questão de diferença de direitos entre as ações tipo A e B no novo mercado", afirmou a corretora Ativa em relatório.

"Outro ponto que chamou a atenção foi o fato da Cosan oficializar a intenção dias depois da ADM declarar possível interesse na aquisição da empresa", complementou a instituição, que considerou que a reorganização tem "aspectos potenciais positivos" no longo prazo.

Na sexta-feira as ações tinham disparado 6 por cento depois que o Wall Street Journal noticiou que a Archer Daniels Midland (AMD) tem interesse em comprar o maior grupo sucroalcooleiro nacional.

Às 13h41 os papéis da Cosan caíam 7,31 por cento, para 32,10 reais. Na mínima do dia, os papéis chegaram a perder 9,47 por cento. O giro só perdia para os das blue chips Petrobras <PETR4.SA> e Companhia Vale do Rio Doce <VALE5.SA>.

As vendas desta terça-feira eram fruto principalmente de uma corretora estrangeira de grande porte.

Para ler mais sobre a reestruturação, clique [ID:nN25234753]

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host