UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

03/07/2007 - 17h33

PANORAMA2-Otimismo nos EUA antes de feriado dá força à Bovespa

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 3 de julho (Reuters) - O mercado teve mais um pregão de bom humor nesta terça-feira, às vésperas do feriado do Dia da Independência nos Estados Unidos, e assistiu a um novo recorde de fechamento da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

O quinto pregão seguido de alta na bolsa paulista acompanhou o bom desempenho das praças internacionais. Em Nova York, o mercado acionário teve um pregão atípico --os negócios foram encerrados às 14h (horário de Brasília) devido ao feriado de quarta-feira.

O Nasdaq teve o maior patamar em seis anos e meio, puxado pela notícia de que a Apple pode ter lucro superior a 55 por cento com o modelo mais caro do iPhone, que teve grande apelo desde que chegou às lojas, na sexta-feira.

Os principais índices de Wall Street foram impulsionados também pela atividade de fusões e aquisições e por novos indicadores favoráveis sobre a economia norte-americana --como o aumento das encomendas à indústria em maio.

O ritmo de negócios, porém, diminuiu à medida que se aproximava o fechamento antecipado do mercado internacional. Em meio à calmaria, os operadores de câmbio no Brasil aproveitaram a baixa de 0,73 por cento na segunda-feira e realizaram ajustes de posição que mantiveram a cotação do dólar estável no meio do dia.

O desempenho favorável das bolsas de valores, no entanto, fez o dólar retomar a trajetória de queda na última meia hora de pregão.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,911 real, em queda de 0,26 por cento.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa subiu 0,59 por cento, a 55.699 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 3,7 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 0,47 por cento, aos 29.589 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiu na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2008 foi a 11,16 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 encerrou a 10,63 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 131,688 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 6,003 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

O risco Brasil declinou 5 pontos, para 153 pontos-básicos. O EMBI+ caiu a 169 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> teve valorização de 0,31 por cento, para 13.577 pontos. O Nasdaq <.IXIC> avançou 0,48 por cento, a 2.644 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> valorizou-se em 0,36 por cento, a 1.524 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento elevava-se a 5,05 por cento no final da tarde.

(Reportagem adicional de Juliana Siqueira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host