UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

30/07/2007 - 08h34

PANORAMA1-Dados de inflação e emprego nos EUA são destaque

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 30 de julho (Reuters) - Com investidores ainda pisando em ovos, o mercado terá dados importantes para avaliar como andam as economias brasileira e norte-americana. Aqui, a agenda de resultados tem como ponto alto os números da Companhia Vale do Rio Doce <VALE5.SA>, na terça-feira.

Nos Estados Unidos, os relatórios mais importantes são o do PCE (medida de inflação bastante monitorada pelo Federal Reserve), na terça-feira, e o de criação de postos de trabalho, na sexta-feira.

Esses relatórios podem balizar as expectativas em relação ao juro norte-americano. As apostas mais recentes apontam manutenção da taxa de 5,25 por cento em 2007.

Dados de moradia (gastos com construção e vendas pendentes de casas) serão acompanhados de perto dada a preocupação de investidores de que os problemas com crédito imobiliário se espalhem pela economia.

Na sexta-feira, o Citigroup divulgou relatório avaliando que isso não acontecerá de forma significativa. "Nossos economistas ainda esperam que os danos da crise do crédito imobiliário de risco nos Estados Unidos e a fraqueza do setor imobiliário sejam contidos. Não há mudanças grandes em nossa previsão para a política ou economia global", afirmou a maior empresa de serviços financeiros do mundo.

No Brasil, a semana abre com o IGP-M de julho nesta segunda-feira [ID:nN27343848].

Para ler a agenda do dia, clique [nN27363132]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,895 real, em queda de 1,71 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 2,320 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa caiu 1,8 por cento, a 52.922 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,68 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 0,88 por cento, aos 28.945 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) recuou na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2009 caiu para 10,96 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 fechou a 11,07 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 127,500 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 6,55 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil cedia 4 pontos, para 219 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 226 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> perdeu 1,54 por cento, para 13.265 pontos. O Nasdaq <.IXIC> caiu 1,43 por cento, a 2.562 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> teve queda de 1,6 por cento, para 1.458 pontos, e contabilizou a pior semana em quase cinco anos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía a 4,77 por cento no final da tarde ante 4,81 por cento na quinta-feira.

(Reportagem adicional de Silvio Cascione e Angela Bittencourt)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host