UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

01/08/2007 - 17h10

Fitch rebaixa bônus hipotecários de Barclays e Merrill Lynch

NOVA YORK, 1o de agosto (Reuters) - Os títulos de financiamento imobiliário de alto risco vendidos por Barclays, Merrill Lynch e Credit Suisse atraíram os primeiros rebaixamentos entre algumas das transações de pior desempenho em uma revisão de avaliações, disse nesta quarta-feira a Fitch Ratings.

A agência de classificação de risco afirmou em comunicado que reduziu 2,4 bilhões de dólares em títulos e confirmou o rating de outros 20 bilhões de dólares, depois de começar a divulgar os resultados de uma análise de 170 negócios.

As transações revisadas nesta quarta-feira foram "alguns dos negócios de pior performance" na lista criada em 12 de julho, disse a Fitch.

As ações da Fitch ampliam uma longa lista de downgrades de empresas de rating que no mês passado derrubaram os índices de títulos dos chamados subprime a mínimas históricas, causando tensão nos mercados na busca de novos títulos, hoje dominados por firmas de Wall Street.

Apesar de bancos de investimento como o Barclays <BARC.L> terem sido importantes para fornecer crédito a empréstimos imobiliários por meio da criação de bônus, eles agora são acusados de terem padrões de subscrição pouco rigorosos, os quais estão levando a um aumento nos calotes.

A Fitch pediu aos analistas que observem que os títulos subprime com ratings mais altos ainda são robustos.

"A robustez dos fundamentos dos títulos com maior rating é evidenciada pela habilidade desses títulos para se oporem aos níveis de perda substancialmente maiores do que os previstos", disse Glenn Costello, um dos chefes do grupo de títulos hipotecários da Fitch, em um comunicado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host