UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

13/08/2007 - 08h24

PANORAMA1-Mercado global de crédito ainda domina atenções

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 13 de agosto (Reuters) - A atuação dos principais bancos centrais do mundo para injetar liquidez no sistema financeiro ajudou a abrandar o temor de uma crise global de crédito e, na Ásia, as principais bolsas de valores iniciaram a semana em recuperação.

O desempenho dos demais mercados vai ser acompanhado de perto nesta segunda-feira de agenda fraca no Brasil e nos Estados Unidos.

Investidores ainda buscam sinais do impacto da crise do setor de hipotecas de alto risco na economia em geral e possíveis mudanças na política monetária.

No mercado acionário brasileiro, destaque para alguns balanços previstos para a semana, como Petrobras <PETR4.SA> ainda nesta segunda-feira, além de Companhia Siderúrgica Nacional <CSAN3.SA> e Banco do Brasil <BBAS3.SA> nos próximos dias.

A precificação da oferta de ações da Cosan Limited será um termômetro do mercado em tempos de turbulência e fim de férias no Hemisfério Norte.

O vencimento de índice futuro na Bovespa na quarta-feira promete aumentar a volatilidade dos negócios. O resto da semana também será influenciado pela proximidade do exercício de opções, que ocorre em 20 de agosto --mesmo dia do primeiro vencimento do POP (Proteção do Investimento com Participação), lançado em fevereiro.

Nos Estados Unidos os resultados que mais devem chamar atenção são Hewlett-Packard <HPQ.N> e Wal-Mart <WMT.N>.

Para ler a agenda do dia, clique [nN10411219]

Para agenda de resultados [nN10252452]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,952 real, em alta de 1,30 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3,098 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa recuou 1,48 por cento, a 52.638 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 1,64 por cento, aos 28.248 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os juros fecharam próximos da estabilidade nesta sexta-feira na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2009 subiu a 11,16 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 ficou em 11,37 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuou para 129,938 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 6,2 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil subia 1 ponto, para 185pontos-básicos. O EMBI+ estava em 202 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> recuou 0,23 por cento, para 13.239 pontos. O Nasdaq <.IXIC> caiu 0,45 por cento, a 2.544 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> teve variação positiva de 0,04 por cento, para 1.453 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caiu e o rendimento avançou a 4,81 por cento no final da tarde, frente aos 4,78 por cento do fim da quinta-feira.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host