UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2007 - 08h30

Mercados globais têm novo dia ruim com temores sobre riscos

Por Jeremy Gaunt

LONDRES (Reuters) - As ações mundiais tinham novas baixas nesta sexta-feira, apesar de uma tentativa de recuperação no início dos pregões da Europa, e o iene operava no maior nível em 14 meses ante o dólar. Em Wall Street, a abertura também deve ser fraca.

"Todos estão assustados e as pessoas querem vender no curto prazo", disse Alex Huang, vice-presidente do Mega Securities em Taiwan.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais praças acionárias européias, caía 0,58 por cento. O indicador recuou no início da sessão, recuperou-se e voltou ao vermelho.

A bolsa do Japão encerrou o dia em baixa de mais de 5 por cento, registrando a maior perda diária em quase seis anos.

Os mercados estão sendo abatidos por temores de uma instabilidade financeira após problemas com o mercado de crédito imobiliário de alto risco dos Estados Unidos, o chamado subprime.

O índice de ações mundiais MSCI tinha baixa de 0,72 por cento nesta manhã.

O dólar chegou a cair mais de 2 por cento, para 111,62 ienes, menor nível desde junho de 2006, antes de avançar para 113,34 ienes, enquanto o euro foi abaixo da marca psicológica de 150 ienes pela primeira vez em um ano.

"O humor está realmente bem ruim no momento", afirmou um operador de uma corretora norte-americana em Tóquio. "Todas as pessoas estão pensando em vender moedas na cotação contra o iene para evitar risco."

Os seguros títulos de governo também eram demandados. O índice composto do Citi de bônus mundiais ficou abaixo de 3,5 por cento no fechamento de quinta-feira pela primeira vez desde o final de março.

"Estamos ainda neste ambiente de fuga para ativos de qualidade", disse Nathalie Fillet, estrategista do BNP Paribas, em Londres.

Hospedagem: UOL Host