UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/09/2007 - 08h18

PANORAMA1-Mercado se ajusta à queda do emprego nos EUA

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 10 de setembro (Reuters) - O Brasil volta do feriado se ajustando ao comportamento do mercado internacional, que teve reação bastante negativa ao relatório de emprego divulgado na sexta-feira nos Estados Unidos.

O documento mostrou a primeira queda do emprego em quatro anos, contra expectativa de criação de 110 mil postos. O relatório reforçou a aposta em corte do juro no país mas gerou temores de recessão na maior economia do mundo.

Em Nova York, o Dow Jones <.DJI> despencou 1,87 por cento, o índice de principais ADRs brasileiros <.BR20> caiu 2,68 por cento e o risco-país subiu quase 10 pontos.

A semana começa fraca no quesito dados econômicos. Nos Estados Unidos ela segue fraca até sexta, enquanto aqui esquenta na quarta, com dados de inflação e Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre [ID:nN06363058].

Os dados ajudarão a balizar as expectativas quanto ao rumo do juro brasileiro, mas isso só será feito de fato na quinta-feira, quando sai a ata da reunião do Copom, que na última quarta-feira decidiu por unanimidade reduzir o vigor dos cortes para 0,25 ponto mas deixou a portar a aberta para fazer uma pausa ou realizar nova redução de 0,25 no encontro de outubro.

Enquanto isso, os dados nos Estados Unidos se concentram no último dia da semana, quando saem preços de importados, vendas no varejo, produção industrial e confiança do consumidor.

Saindo da esfera de dados econômicos, o ponto alto da semana é terça-feira, quando o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, é convidado para fazer exposição sobre desequilíbrios globais en Berlim.

O evento ocorre cerca de uma semana antes da reunião do BC norte-americano e investidores estarão de olho em qualquer sinal sobre o rumo da taxa, que muitos acham que será reduzida em 0,25 ponto no dia 18.

Entre as notícias corporativas, atenção para eventuais comunicados da Telemar Participações, já que o leilão da Tele Norte Leste <TNLP4.SA> está agendado para 25 de setembro e de acordo com as regras da SEC qualquer mudança no valor ofertado precisa ser feita com 10 dias úteis de antecedência.

A data já foi adiada duas vezes, pela dificuldade da empresa em fechar acordo "satisfatório" com bancos para financiamento da operação.

Para ver a agenda do dia, clique em [ID:nN10212274]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 2,68 por cento, a 28.326 pontos. Os destaques foram Unibanco <UBB.N> e Brasil Telecom <BRP.N> que perderam 4,32 por cento e 4,25 por cento, respectivamente.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, ficou estável, a 132,125 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,873 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil subiu 8 pontos, para 212pontos-básicos. O EMBI+ estava em 237 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> recuou 1,87 por cento, para 13.113 pontos. O Nasdaq <.IXIC> perdeu 1,86 por cento, a 2.565 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> exibiu baixa de 1,69 por cento, para 1.453 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subiram e o rendimento caiu a 4,387 por cento no final da tarde, menor nível desde janeiro de 2006 e abaixo dos 4,52 por cento de quinta-feira.

Hospedagem: UOL Host