UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/09/2007 - 13h09

UBS Pactual reduz preço-alvo e revê projeções para Santos Brasil

SãO PAULO, 18 de setembro (Reuters) - O UBS Pactual revisou nesta terça-feira suas estimativas de lucro para a operadora de terminais de contêiners Santos Brasil <STBR11.SA> e reduziu o preço-alvo de 34 para 32 reais por unit. A recomendação, entretanto, foi mantida em "comprar".

A mudança leva em conta o resultado do segundo trimestre, a incorporação da prestadora de serviços logísticos Mesquita, comprada em agosto por 95 milhões de reais, e as novas diretrizes da administração.

A estimativa para o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) deste ano está agora em 201 milhões de reais (10 por cento abaixo da anterior) e em 266 milhões de reais em 2008 (1 por cento acima da previsão anterior).

A previsão para o lucro deste ano foi reduzida de 154 milhões de reais para 138 milhões de reais, enquanto a do lucro de 2008 subiu de 164 milhões de reais para 171 milhões de reais.

Às 13h, as units subiam 2,6 por cento, para 24,79 por cento, enquanto o Ibovespa <.BVSP> exibia valorização de 1,33 por cento.

O analista Rodrigo Goes achou estranho o fato de a empresa reduzir a estimativa para o Ebitda em reais em 10 por cento devido ao câmbio, e manter a previsão em dólares, já que aumentou a projeção de contâiners. Segundo ele, o call com a administração realçou um guidance conservador.

"Achamos que a administração deixou espaço para surpresas positivas", afirmou o analista.

Dentre as declarações sobre os riscos acerca do Santos Brasil, o UBS Pactual cita competição, dependência do governo e atrasos na construção do Terminal 4.

"O governo brasileiro...vem historicamente investindo pouco em infra-estrutura de transporte. Isso pode continuar uma verdade e gargalos existentes podem levar tempo para serem reparados."

Hospedagem: UOL Host