UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/09/2007 - 16h42

BM&F aprova plano de abertura de capital e vende fatia

SÃO PAULO (Reuters) - A Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) aprovou nesta quinta-feira, em assembléia geral, a proposta de abertura de capital. Além disso, a bolsa anunciou a venda de 10 por cento de suas ações para a empresa de private equity General Atlantic (GA) por 1 bilhão de reais.

O caminho para a abertura de capital ficou livre com a aprovação da desmutualização da BM&F, mecanismo que converteu a bolsa de associação sem fins lucrativos em Sociedade Anônima de capital ainda fechado.

Os títulos patrimoniais da bolsa foram convertidos em ações. O acordo anunciado nesta quinta-feira prevê que a General Atlantic não poderá vender as ações pelo prazo mínimo de dois anos. A empresa também detém 10 por cento da Nymex Holdings, controladora da New York Mercantile Exchange.

A General Atlantic também tem investimentos no Nyse Group e em companhias como o site de leilões MercadoLivre.

Fundada em 1980, a General Atlantic administra cerca de 15 bilhões de dólares, investindo entre 1 bilhão e 2 bilhões de dólares por ano em companhias com perspectiva de crescimento em todo o mundo.

Segundo um analista, que pediu para não ser identificado, a General Atlantic é especialista em monitorar bolsas que vão abrir capital para entrar antes no negócio.

Quinta maior bolsa de futuros do mundo, a BM&F encerrou julho com volume médio negociado de 1,83 milhão de contratos por dia, ante 1,01 milhão de contratos um ano atrás.

A Bovespa, maior bolsa de valores da América Latina, também está no processo para abertura de capital. O pedido para venda de ações já foi feito e, segundo prospecto preliminar, indica uma oferta secundária de ações --o que significa que o dinheiro ficará integralmente com os atuais acionistas.

(Por Daniela Machado)

Hospedagem: UOL Host