UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/09/2007 - 07h46

PANORAMA1-Semana abre com agenda leve e pesquisa de swap reverso

Por Daniela Machado

SÃO PAULO, 24 de setembro (Reuters) - A semana começa morna no Brasil e nas principais praças financeiras, com uma agenda de poucos indicadores econômicos. O Banco Central faz pesquisa de demanda por contratos de swap reverso, tendo em vista a rolagem de um vencimento de 1o de outubro.

O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, fala em um evento sobre "Educação e Finanças", mas não há sessão de perguntas e respostas previstas.

Na semana passada, o Fed deu gás ao mercado financeiro ao cortar o juro básico em 0,50 ponto percentual --mais do que o esperado por analistas.

A decisão, segundo o banco central norte-americano, teve como objetivo evitar que os problemas no setor de crédito respinguem sobre a economia real.

Outras autoridades do Fed participam de eventos públicos nesta segunda-feira: o presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher, e o do Fed de Chicago, Charles Evans. Evans vota nas decisões de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) deste ano.

O mercado também deve acompanhar de perto as cotações do petróleo, depois que o barril da commodity negociado no pregão eletrônico em Nova York superou 84 dólares.

No início desta segunda-feira, o preço do barril negociado em Nova York voltou a ser cotado próximo de 81 dólares, com a retomada das atividades das empresas instaladas no Golfo do México [ID:nN24254106].

Para ler a agenda do dia, clique [nN24407471]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,869 real, em baixa de 0,69 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 2,063 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa subiu 1,57 por cento, a 57.798 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 1,96 por cento, aos 31.678 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) caíram na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2009 recuou a 11,23 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 cedeu a 11,36 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 133,438 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,68 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava 1 ponto, para 171 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 194 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> subiu 0,39 por cento, para 13.820 pontos. O Nasdaq <.IXIC> avançou 0,64 por cento, a 2.671 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> fechou em alta de 0,46 por cento, a 1.525 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava a 4,63 por cento no final da tarde ante 4,7 por cento na quinta-feira.

(Reportagem adicional de Silvio Cascione e Angela Bittencourt)

Hospedagem: UOL Host