UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/02/2008 - 18h26

PANORAMA2-Mercado volta do Carnaval de olho no estresse dos EUA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 6 de fevereiro (Reuters) - A Quarta-Feira de Cinzas foi amarga para a Bovespa, mas o restante do mercado brasileiro voltou da folia com tranquilidade mesmo após Wall Street despencar durante o feriado.

O dólar subiu apenas 0,34 por cento e praticamente não saiu da casa de 1,75 real durante todo o dia. Já no mercado de juros a maioria das projeções avançou, mas com moderação.

Quem mais se comportou como esperado foi a Bolsa de Valores de São Paulo. A queda de mais de 3 por cento ocorreu após o tombo de Wall Street no Carnaval, quando a revelação de que o setor de serviços nos Estados Unidos esfriou mais do que o esperado em janeiro reforçou o medo de uma recessão.

Nesta quarta, as bolsas em Nova York melhoraram um pouco de humor, mas continuavam sem força. Os investidores ficaram receosos particularmente com os comentários de Charles Plosser, presidente do Federal Reserve de Filadélfia, que lembrou o mercado dos perigos da inflação.

Desde setembro, o Fed reduziu a taxa básica de juros em 2,25 pontos percentuais, para 3 por cento.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,752 real, em alta de 0,34 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 933 milhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa caiu 3,46 por cento, a 58.968 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

Às 18h18 (horário de Brasília), o índice de principais ADRs brasileiros operava em alta de 0,23 por cento, aos 33.892 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 avançou a 12,08 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 12,71 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, operavam estáveis, a 133,875 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,45 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil recuava a 261 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 276 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

Pouco antes do fechamento, o índice Dow Jones <.DJI> tinha variação negativa de 0,30 por cento, a 12.227 pontos. O Nasdaq <.IXIC> caía 0,70 por cento, para 2.293 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> tinha desvalorização de 0,43 por cento, aos 1.330 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuavam e o rendimento subia para 3,61 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Reportagem adicional de Daniela Machado e Claudia Pires; Edição de Alexandre Caverni)

Hospedagem: UOL Host