UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/02/2008 - 08h05

PANORAMA1-Ata do Fed e petróleo concentram atenção dos mercados

SÃO PAULO, 20 de fevereiro (Reuters) - O anúncio de importantes indicadores macroeconômicos engrena nesta quarta-feira, dia em que os investidores também devem seguir atentos ao petróleo. A commodity bateu novo recorde, acima de 100 dólares por barril, na véspera.

Nos Estados Unidos, dados de inflação ao consumidor e construção de moradias em janeiro servem de "aperitivo" para a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, prevista apenas para o fim da tarde (16h, pelo horário de Brasília).

Analistas esperam que os sinais de mais cortes do juro nos Estados Unidos sejam confirmados. Na semana passada, em depoimento ao Congresso norte-americano, o chairman do Fed, Ben Bernanke, afirmou que o banco central agirá "conforme necessário" para sustentar a economia, mas espera que o crescimento acelere no fim do ano.

EMPRESAS

Maior petroquímica da América Latina, a Braskem <BRKM5.SA> divulga resultado do quarto trimestre de 2007 pela manhã.

E, depois de balanços de bancos, da Hewlett-Packard <HPQ.N> e da Wal-Mart divulgados na Europa e Estados Unidos na terça-feira, a agenda do dia é mais tranquila, com destaque para balanços do BNP Paribas <BNPP.PA> e Anglo American <AAL.L>.

POLÍTICA

A oposição conseguiu assinaturas para pedir uma CPI dos cartões corporativos apenas no Senado e vai pressionar o governo a dividir o comando da CPI mista, que inclui Câmara e Senado. O governo detém a presidência e a relatoria da CPI mista, mas diante da ameaça de uma segunda CPI pode aceitar uma negociação.

Veja como encerraram os principais ativos na terça-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar encerrou em baixa de 0,17 por cento, a 1,734 real. O volume no segmento interbancário foi de 2,23 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa caiu 0,8 por cento, para 62.296 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,1 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros avançou 1,9 por cento, aos 36.469 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em alta na BM&F. O DI janeiro 2009 subiu a 11,75 por cento, enquanto o DI janeiro 2010 avançou a 12,39 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 132,0 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,7 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

O risco Brasil subia 3 pontos no fim da tarde, a 264 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 278 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> encerrou com variação negativa de 0,09 por cento, a 12.337 pontos. O Nasdaq <.IXIC> caiu 0,67 por cento, aos 2.306 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> teve oscilação negativa de 0,09 por cento, a 1.348 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento avançava para 3,90 por cento no final da tarde ante 3,77 por cento na terça-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Por Daniela Machado, Alberto Alerigi Jr. e Mair Pena Neto; Edição de Vanessa Stelzer)

Hospedagem: UOL Host