UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/04/2008 - 08h00

PANORAMA1-Bernanke domina agenda pelo 2o dia após agitar mercado

SÃO PAULO, 3 de abril (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, volta à cena nesta quinta-feira, um dia após ter admitido que os Estados Unidos podem ter uma leve recessão neste semestre. Apesar da proximidade das aparições, no caso de Bernanke impera o conselho do "vale a pena ver de novo".

O chairman do banco central norte-americano fala, desta vez, a um comitê do Senado sobre as recentes turbulências no mercado financeiro. O depoimento está previsto para 11h (horário de Brasília).

Também nos EUA, serão anunciados dados sobre a atividade no setor de serviços --com forte peso na economia do país-- referentes a março. Economistas ouvidos pela Reuters esperam contração, assim como em fevereiro.

No Brasil segue a expectativa pelos cortes que serão anunciados no Orçamento. Na véspera, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse à Reuters que o contingenciamento ficará entre 14 bilhões e 20 bilhões de dólares e vai considerar a meta de superávit primário de 3,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

COMMODITIES & ENERGIA

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, e o presidente da EPE - Empresa de Pesquisa Energética, Mauricio Tolmasquim, discutem o cenário energético brasileiro em evento em São Paulo.

Para a agenda de indicadores do dia, clique [nN02403910]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa subiu 0,94 por cento, a 63.364 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,8 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 2,39 por cento, para 37.209 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em queda na BM&F. O DI janeiro de 2009 caiu a 12,33 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 foi a 13,17 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 134,1 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,34 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil caía 7 pontos, a 266 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 289 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> perdeu 0,36 por cento, a 12.608 pontos. O Nasdaq <.IXIC> teve variação negativa de 0,06 por cento, aos 2.361 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> registrou baixa de 0,19 por cento, aos 1.367 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía e o rendimento subia para 3,61 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Por Daniela Machado; Edição de Vanessa Stelzer)

Hospedagem: UOL Host