UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/05/2008 - 08h38

PANORAMA1-Mantega e Meirelles são destaques em dia fraco

SÃO PAULO, 13 de maio (Reuters) - Em um dia de agenda doméstica de indicadores vazia, os mercados estarão voltados para os comentários do presidente do Banco Central e do ministro da Fazenda nesta terça-feira.

Dados norte-americanos, como um importante termômetro do consumo, também estão no foco dos investidores.

O presidente do BC, Henrique Meirelles, participa de sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, a partir das 10h30. O evento é parte das exposições periódicas que ele faz à casa sobre a economia do país.

Às 15h é a vez de Guido Mantega ganhar as atenções durante entrevista coletiva para explicar detalhes sobre a criação, na véspera, de um fundo soberano.

Os Estados Unidos divulgam às 9h30 (horário de Brasília) as vendas no varejo de abril e os preços de importados no mesmo mês. A previsão é de queda de 0,1 por cento e de alta de 1,7 por cento, respectivamente. O recuo das vendas provavelmente resultou dos maiores custos de energia e alimentos que deixaram menos dinheiro disponível no bolso do consumidor.

Os estoques empresariais saem às 11h00 e devem mostrar alta de 0,4 por cento.

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,665 real, em queda de 1,25 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 2,255 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa subiu 1,11 por cento, a 70.415 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,9 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 2,1 por cento, aos 41.999 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em baixa na BM&F. O DI janeiro de 2009 caiu a 13,03 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 recuou a 14,22 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, operava estável, a 136,625 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 4,931 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil caía 1 ponto, a 215 pontos-básico. O EMBI+ estava em 265 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> ganhou 1,02 por cento, a 12.876 pontos. O Nasdaq <.IXIC> subiu 1,76 por cento, para 2.488 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> valorizou-se em 1,1 por cento, aos 1.403 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía e o rendimento subia para 3,8 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Reportagem de Vanessa Stelzer; Edição de Cláudia Pires)

Hospedagem: UOL Host