UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2008 - 18h00

PANORAMA2-Mercado brasileiro descola de Wall Street, Bovespa cai

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 27 de maio (Reuters) - O mercado brasileiro minimizou nesta terça-feira o otimismo de Wall Street, terminando o dia com queda na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e alta do dólar diante do real.

As bolsas em Nova York subiram com a queda de mais de 3 dólares do petróleo. A baixa aliviou em parte o temor de inflação e deu ânimo às ações de tecnologia, que se animaram com a perspectiva de que sobre mais recursos para gastos de consuidores e empresas no setor.

O petróleo, porém, foi um dos vilões da Bovespa, altamente dependente do desempenho da Petrobras <PETR4.SA>. A blue chip caiu 3,24 por cento e, junto com a Vale <VALE5.SA>, liderou a realização de lucros entre as principais ações do índice.

A queda da Bovespa deu sustentação ao dólar, que também foi elevado pelo fluxo negativo, de acordo com operadores. A alta de 0,72 por cento fez a moeda norte-americana passar a acumular valorização em maio.

No mercado de juros futuros, as projeções mantiveram a escalada em meio à preocupação com os preços. O temor dos agentes é que os índices a serem divulgados nesta semana --IPCA-15 de maio, IGP-M de maio e 3a quadrissemana do IPC-Fipe-- mostrem inflação ainda mais pressionada.

O setor de crédito, por sua vez, mostrou força nesta terça-feira. Segundo o Banco Central, as operações oferecidas pelo sistema financeiro superaram em abril a marca inédita de 1 trilhão de reais.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,672 real, em alta de 0,72 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 2,367 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa caiu 0,89 por cento, aos 70.992 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,67 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em queda de 1,37 por cento, aos 41.935 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,22 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 14,52 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caiu para 135,625 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,06 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil caia 2 pontos, a 208 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 255 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> subiu 0,55 por cento, a 12.548 pontos. O Nasdaq <.IXIC> subiu 1,50 por cento, para 2.481 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> valorizou 0,68 por cento, aos 1.385 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado caiu e o rendimento subiu para 3,92 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Reportagem adicional de Aluísio Alves e Vanessa Stelzer; Edição de Cláudia Pires)

Hospedagem: UOL Host