UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2008 - 07h57

PANORAMA1-BC ajusta previsões de IPCA após repique dos alimentos

SÃO PAULO, 25 de junho (Reuters) - Ponto alto da semana, a quarta-feira reserva eventos decisivos para o mercado financeiro.

O Relatório de Inflação do segundo trimestre deve ajustar a previsão do BC em 2008 de 4,6 por cento para nível mais compatível com a piora dos índices recentes. Entre bancos e consultorias, a estimativa para o IPCA do ano já supera 6 por cento.

Nos Estados Unidos, o Federal Reserve divulga à tarde a decisão sobre o juro básico. A perspectiva majoritária é de manutenção da taxa em 2,0 por cento, mas com um tom bem mais duro da autoridade monetária contra a inflação.

O Fed está numa sinuca. Se aumentar o juro para combater a aceleração dos preços pode desaquecer demais a economia e se cortar a taxa para animar a atividade colocará mais lenha na fogueira inflacionária.

"Achamos que a economia dos EUA ainda está muito fraca para um aumento do juro e esperamos que o Fed mantenha a taxa --desta vez e também na próxima reunião", avaliou Harm Bandholz, economista do UniCredit.

Para a agenda do dia, clique [nN25374607]

Veja como encerraram os principais mercados na terça-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,603 real, em baixa de 0,62 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 2,913 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa perdeu 0,73 por cento, a 64.167 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 0,44 por cento, aos 39.212 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em baixa na BM&F. O DI janeiro de 2009 caiu a 13,20 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 recuou a 14,75 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 132,688 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,42 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil subia 8 pontos, a 207 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 270 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> caiu 0,29 por cento, a 11.807 pontos. O Nasdaq <.IXIC> perdeu 0,73 por cento, aos 2.368 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> recuou 0,28 por cento, aos 1.314 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 4,09 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade)

Hospedagem: UOL Host