UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/06/2008 - 08h00

PANORAMA1-Governo fecha semestre com meta de inflação de 2010

SÃO PAULO, 30 de junho (Reuters) - O governo brasileiro define nesta segunda-feira a meta de inflação que será perseguida pelo Banco Central em 2010 e analistas não esperam surpresa.

Diante da escalada mundial dos preços, a avaliação é de que o melhor a fazer é manter o alvo em 4,5 por cento com intervalo de tolerância de 2 pontos percentuais. O encontro do Conselho Monetário Nacional (CMN) que bate o martelo sobre esse assunto está agendado para 16h.

Pela manhã, o Banco Central divulga o resultado primário do setor público consolidado referente a maio. Na sexta-feira, os dados do governo central mostraram superávit de 5,5 bilhões de reais no mês passado, ante 5,3 bilhões de reais um ano antes.

COMMODITIES E ENERGIA

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, participa de evento em São Paulo, onde falará sobre os desafios para o setor energético brasileiro. Nos últimos dias, Lobão tem comentado as possíveis mudanças nos royalties para o setor de petróleo.

Ele também tem falado sobre mudanças na regulamentação da área de mineração, que pode incluir aumento de tributos e instituição de prazos para exploração de concessões.

Para a agenda do dia, clique [nN27397955]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,596 real, em queda de 0,37 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 2,46 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa teve valorização de 0,59 por cento, a 64.321 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,56 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros teve variação positiva de 0,02 por cento, aos 39.019 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,36 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 15,06 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 132,3 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,46 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil avançava 8 pontos, a 229 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 295 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> caiu 0,93 por cento, a 11.346 pontos. O Nasdaq <.IXIC> perdeu 0,25 por cento, para 2.315 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> fechou em baixa de 0,37 por cento, aos 1.278 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caia para 3,97 por cento no final da tarde ante 4,03 por cento na quinta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Por Daniela Machado e Marcelo Teixeira; Edição de Cláudia Pires)

Hospedagem: UOL Host