UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/08/2008 - 07h39

PANORAMA1-Mercado espera aceleração do PIB norte-americano

SÃO PAULO, 28 de agosto (Reuters) - Os mercados financeiros conferem nesta quinta-feira uma nova leitura do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano do segundo trimestre, com expectativa de números mais animadores.

Inicialmente, o governo divulgou crescimento de 1,9 por cento entre abril e junho. Agora, analistas de Wall Street esperam que a taxa seja revista para 2,7 por cento.

Importantes medidas de inflação, como o núcleo do índice de preços PCE e o deflator implícito do PIB, devem confirmar a leitura inicial: com alta de 2,1 e 1,1 por cento, respectivamente.

Os mercados norte-americanos também podem reagir às mudanças na administração da agência hipotecária Fannie Mae <FNM.N>, anunciadas no final da tarde da véspera.

Para a agenda do dia, clique [nN28486753]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO <BRBY>

O dólar terminou a 1,622 real, em baixa de 0,61 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 3,214 bilhões de dólares.

BOLSA <.BVSP>

O Ibovespa subiu 2,13 por cento, a 55.519 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 3,58 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 1,84 por cento, aos 33.225 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,90 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 14,69 por cento.

GLOBAL 40 <BRAGLB40=RR>

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, operava estável a 131,938 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,43 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

No final da tarde, o risco Brasil era cotado estável a 247 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 309 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> subiu 0,79 por cento, a 11.502 pontos. O Nasdaq <.IXIC> ganhou 0,87 por cento, para 2.382 pontos. O índice S&P 500 <.SPX> valorizou-se em 0,80 por cento, aos 1.281 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS <US10YT=RR>

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía para 3,769 por cento no final da tarde ante 3,776 por cento na véspera.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

(Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade)

Hospedagem: UOL Host