! PDG Realty e Rossi engordam lista de ofertas de ações - 01/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

01/09/2009 - 19h42

PDG Realty e Rossi engordam lista de ofertas de ações

Por Cesar Bianconi

SÃO PAULO (Reuters) - A PDG Realty e a Rossi Residencial engordaram nesta terça-feira a lista de empresas do setor imobiliário com pedidos para ofertas de ações, na busca por recursos para financiar seus projetos diante do esperado crescimento nos próximos anos.

As duas construtoras se juntam à Multiplan, que atua no segmento de shopping centers e que na sexta-feira passada entrou com pedido na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para vender novas ações na Bovespa.

No total, as três operações podem levantar até pouco mais de 2 bilhões de reais para os caixas das companhias.

No final de julho, especialistas e analistas ouvidos pela Reuters previram que as construtoras do país retornariam ao mercado de capitais a partir de agosto, diante da expectativa de expansão da construção civil e da necessidade de recursos para fazer frente ao crescimento previsto.

A visão de analistas era que construtoras cujas ações possuem mais liquidez e que atuam no segmento de imóveis de baixo e médio padrão encontrariam melhor aceitação dos investidores. Tanto Rossi como PDG Realty têm operações concentradas no segmento econômico.

A Rossi pretende captar de 500 milhões a 600 milhões de reais, dinheiro que será destinado ao plano de negócios da empresa a partir de 2010.

Segundo a empresa, a operação foi aprovada pelo Conselho de Administração tendo em vista "o cenário econômico favorável e o aquecimento da demanda por imóveis".

A procura por residências foi impulsionada, de acordo com a Rossi, principalmente pelo programa "Minha Casa Minha Vida", lançado pelo governo no final de março e que prevê a construção de 1 milhão de habitações populares no Brasil.

A PDG Realty espera captar de 750 milhões a 800 milhões de reais. A maior parte dos recursos será usada para investimentos no portfólio da companhia e na compra de terrenos, com parcela menor destinada a capital de giro e condução de obras.

A Multiplan, por sua vez, estima obter 650 milhões de reais com a venda de novas ações. O capital será investido em novos shopping centers, na expansão de empreendimentos já existentes e na incorporação de novos negócios imobiliários e comerciais em áreas adjacentes aos shopping centers da companhia.

Ainda no setor imobiliário, MRV Engenharia e a BR Malls já captaram recursos neste ano por meio da venda de novas ações. A Gafisa chegou a fazer um pedido para uma oferta, mas desistiu da operação.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host