! G20 deve punir paraísos fiscais a partir de março de 2010 - 05/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/09/2009 - 18h07

G20 deve punir paraísos fiscais a partir de março de 2010

LONDRES (Reuters) - Ministros das Finanças e integrantes dos bancos centrais do G20 deram neste sábado aos paraísos fiscais até março de 2010 para cooperarem com a evasão de impostos, caso contrário, enfrentarão sanções.

Autoridades das 20 maiores economias de países desenvolvidos ou em desenvolvimento pediram que o Comitê de Estabilidade Financeira dos bancos centrais do G20, reguladoras e autoridades de Ministérios das Finanças informem as normas e a adesão até novembro deste ano.

O G20 disse que está "pronto para usar medidas contra os paraísos fiscais a partir de março de 2010."

Os líderes do G20 decidiram em abril nomear e envergonhar os paraísos fiscais do mundo com uma lista feita pela Organização para a Cooperação Econômica e Desenvolvimento e ameaçaram impor sanções aos que não se adequarem às normas.

A decisão veio em meio a uma ação global contra a evasão fiscal, que viu a Alemanha pagando por dados de clientes de bancos de Liechtenstein e os Estados Unidos acusando o UBS de ajudar os norte-americanos a evadir impostos.

A Suíça, que acomoda um terço dos estimados 7 trilhões de dólares de recursos offshore, está na chamada lista de paraísos fiscais e deve ratificar pelo menos 12 tratados de trocas de informações para evitar sanções.

Ao ratificá-los, o país fará concessões sobre suas leis de sigilo bancário que ajudaram a nação a prosperar como centro financeiro.

Outros importantes membros da lista são Liechtenstein, Mônaco, Áustria e outras 30 nações.

Luxemburgo, maior centro de recursos da Europa e paraíso do sigilo bancário foi colocado em uma lista branca de países que resolveram estabelecer padrões de cooperação fiscal.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host