! Argentina devolve imposto sobre exportação de trigo e milho - 11/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

11/09/2009 - 09h00

Argentina devolve imposto sobre exportação de trigo e milho

BUENOS AIRES (Reuters) - O governo argentino anunciou na quinta-feira que devolverá a totalidade do imposto sobre a exportação de trigo e milho para os pequenos e médios produtores, fortemente afetados por uma seca.

A medida, entretanto, não satisfez o setor agropecuário, com o qual a presidente Cristina Fernández de Kirchner se encontra em conflito desde o ano passado devido ao imposto sobre as exportações, já que os produtores acreditam que o governo pode manipular essa restituição.

"Os pequenos e médios produtores são os que temos que incentivar para que voltem a semear e investir", disse a presidente ao anunciar a medida, em um ato no qual os representantes do setor rural não estavam presentes.

As autoridades da Argentina --um dos maiores exportadores mundiais de milho e trigo-- tinham oferecido um benefício similar no ano passado aos produtores, que o rejeitaram pedindo, no lugar, que o imposto não fosse cobrado.

"Temos uma desconfiança justificada. Isso terá a aprovação da Federação Agrária Argentina (FAA) no momento em que soubermos com precisão como e quando vai funcionar", disse Eduardo Buzzi, presidente da FAA, à TV TN.

Fernández explicou que a medida significará a devolução de 50 por cento do arrecadado com o imposto sobre a exportação de milho e trigo.

Segundo dados privados, a arrecadação com os impostos sobre as exportações de todos os grãos superariam 7 bilhões de dólares em 2009/10, enquanto que o tributo pago somente pelo milho e pelo trigo teria gerado 400 milhões de dólares em 2008/09.

Devido à seca que entre 2008 e a metade deste ano afetou as regiões rurais do país, especialistas calculam que as exportações de trigo e milho voltarão a ser muito reduzidas em 2009/10.

(Por Nicolás Misculin)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host