! Eli Lilly planeja cortar 5,5 mil empregos até o final de 2011 - 14/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

14/09/2009 - 11h52

Eli Lilly planeja cortar 5,5 mil empregos até o final de 2011

NOVA YORK (Reuters) - A Eli Lilly informou que planeja cortar 5,5 mil empregos, ou 13,5 por cento de sua força de trabalho, em uma reestruturação para dar suporte à companhia enquanto se prepara para a competição, até o final 2011, com os genéricos de sua droga mais vendida, o Zyprexa, para tratamento de esquizofrenia.

A farmacêutica divulgou nesta segunda-feira que pretende cortar sua estrutura de custos em 1 bilhão de dólares até o final de 2011.

A companhia pretende reduzir a força de trabalho para 35 mil, dos atuais 40,5 mil empregados. Essa contagem não inclui nova força de vendas em mercados emergentes e que mostram rápido crescimento e o Japão, acrescentou a empresa.

O programa da Lilly é muito similar a outro recentemente implementado pela Pfizer, a maior farmacêutica mundial, que está se preparando para o vencimento da patente, também em 2011, do Lipitor, droga de combate ao colesterol.

A Lilly informou ainda que implementará uma nova estrutura organizacional em 1o de janeiro, com cinco unidades globais de negócios. Estas incluem oncologia, diabetes, mercados emergentes, mercados estabelecidos e a Elanco, unidade de saúde animal.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host