! Índices europeus fecham em alta por bancos após dados dos EUA - 15/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

15/09/2009 - 17h29

Índices europeus fecham em alta por bancos após dados dos EUA

PARIS (Reuters) - As bolsas de valores da Europa terminaram em alta nesta terça-feira, conduzidas por bancos, seguindo o anúncio de fortes vendas no varejo dos Estados Unidos, que reacenderam esperanças de uma rápida recuperação econômica.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, subiu 0,1 por cento, para 991 pontos, ganhando terreno pela sétima vez em oito sessões, segundo dados preliminares.

Dados mostraram nesta terça-feira que as vendas no varejo dos Estados Unidos subiram em agosto no ritmo mais rápido em três anos e meio, conforme o programa de incentivo do governo ao setor automotivo impulsionou a demanda por veículos. Números também apontaram fortes vendas fora deste segmento.

"O ambiente para o consumidor tem sido mais favorável nos últimos meses. Em particular, os preços das ações se recuperaram, enquanto vários indicadores do mercado imobiliário melhoraram novamente", afirmou Jean-Marc Lucas, economista do BNP Paribas, em Paris, em nota.

Papéis do segmento bancário ampliaram os ganhos nesta sessão, com HSBC em alta de 1,6 por cento, Société Générale e Banco Santander subindo 1 por cento cada.

Ações ligadas a recursos naturais apresentaram oscilação positiva, acompanhando os preços do petróleo e dos metais.

ArcelorMittal subiu 2,7 por cento, Rio Tinto e Repsol ganharam 1,5 por cento.

Os mercados acionários também receberam impulso do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, que afirmou que a recessão econômica dos Estados Unidos provavelmente acabou, mas que a recuperação será lenta e levará tempo para se criar empregos.

"De uma perspectiva técnica, a recessão muito provavelmente acabou", disse Bernanke numa coletiva do Brookings Institution.

Na contramão, as ações do setor farmacêutico registraram perdas. GlaxoSmithKline cedeu 1,2 por cento, Sanofi-Aventis recuou 0,4 por cento e AstraZeneca caiu 0,2 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,46 por cento, a 5.042 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX ganhou 0,16 por cento, para 5.628 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,58 por cento, para 3.752 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib avançou 0,34 por cento, para 23.108 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 teve valorização de 0,88 por cento, para 11.593 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 terminou em alta de 1,22 por cento, a 8.226 pontos.

(Reportagem de Blaise Robinson)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host