! Montadoras questionam se alta nas vendas pode durar - 15/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

15/09/2009 - 10h46

Montadoras questionam se alta nas vendas pode durar

Por Christian Hetzner e Soyoung Kim

FRANKFURT (Reuters) - Notícias de que as vendas de automóveis na Europa subiram pelo terceiro mês consecutivo em agosto abriram o Salão do Automóvel de Frankfurt, no qual montadoras estão exibindo tecnologias "verdes" que esperam que sejam capazes de transformar a indústria.

As vendas de carros novos subiram três por cento no continente no mês passado, segundo informou a associação de montadoras ACEA nesta terça-feira. Mas a entidade citou que o crescimento foi motivado por incentivos estatais que podem deixar o setor com problemas assim que foram suspensos.

As vendas de carros novos na Europa iniciaram uma frágil recuperação desde junho, depois de uma sequência de quedas de 14 meses, mas ainda acumulam queda de oito por cento nos primeiros oito meses do ano.

"As dificuldades vividas pela indústria automotiva ainda não acabaram, mas há sinais cada vez maiores de que o fundo foi já foi atingido", disse o presidente-executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn.

A Toyota espera que as vendas da indústria de carros da Europa entrem em estagnação ou encolham em 2010 com o fim de incentivos governamentais, afirmou o diretor de operações europeias da montadora japonesa a jornalistas.

A demanda natural continua "muito ruim", afirmou o presidente da Toyota Europe, Tadashi Arashima. "Não estamos otimistas de modo algum."

Apesar disso, sinais positivos em mercados emergentes estão ajudando o setor. A Índia divulgou o sétimo mês consecutivo de alta nas vendas de carros em agosto. No mesmo mês, a Rússia, que vinha sendo considera como capaz de superar este ano a Alemanha como maior mercado de veículos da Europa até a crise atingir o setor, registrou o menor declínio em quatro meses, embora tenha sido de 54 por cento.

Mas o fim dos subsídios na Europa preocupa as montadoras. Na Alemanha, onde as vendas de veículos em agosto subiram 28 por cento, um incentivo que concede 2.500 euros para os motoristas trocarem seus carros velhos por novos mais eficientes, terminou, enquanto na França o governo prometeu manter o esquema em funcionamento até 2011.

Na feira, as estrelas maiores são as tecnologias mais ambientalmente corretas em um momento em que as montadoras se prepararam para cumprir novas exigências mais duras para redução de emissões de poluentes de seus veículos.

A Renault exibe quatro novos carros conceito de propulsão elétrica, enquanto a Hyundai vai revelar o carro conceito com motor híbrido ix Metro e o elétrico i10.

"Enquanto no passado as pessoas se preocupavam com potência para avaliar um carro, as pessoas hoje estão interessadas em consumo de combustível e emissões de CO2", afirmou o presidente da Volkswagen durante exibição do carro elétrico E-Up da montadora que pode chegar ao mercado em 2013.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host