! Alimentos sobem menos e inflação pelo IPC-S desacelera - 16/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

16/09/2009 - 08h12

Alimentos sobem menos e inflação pelo IPC-S desacelera

SÃO PAULO (Reuters) - A inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou em meados do mês, refletindo uma alta menor, apesar de ainda forte, dos custos de alimentos.

O indicador subiu 0,51 por cento na segunda prévia de setembro, ante elevação de 0,56 por cento na primeira, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quarta-feira. Analistas consultados pela Reuters previam uma leitura de 0,57 por cento.

"Alimentação foi a classe de despesa que mais contribuiu para o decréscimo da taxa do IPC-S", disse a FGV em nota. Os preços desse grupo subiram 1,43 por cento na segunda leitura do mês, contra elevação de 1,71 por cento na primeira.

"A influência partiu dos alimentos in natura Frutas (de alta de 17,66 por cento na primeira leitura para 15,32 por cento na segunda) e Hortaliças e legumes (de 7,54 para 7,34 por cento) que registraram aumentos menores nesta apuração."

Por outro lado, os custos de Vestuário desaceleraram fortemente a queda, para 0,47 por cento na segunda leitura, ante baixa de 0,85 por cento na primeira.

As principais quedas individuais de preços vieram de leite longa vida, melancia, frango inteiro, melão e leite longa light/diet. As maiores altas foram de limão, tomate, mamão papaia, gás de bujão e açúcar refinado.

O IPC-S da segunda prévia mediu os preços de 16 de agosto a 15 de setembro.

(Reportagem de Vanessa Stelzer)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host