! IPO do Santander Brasil pode bater R$15,6 bi com lotes - 21/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

21/09/2009 - 14h29

IPO do Santander Brasil pode bater R$15,6 bi com lotes

MADRI/SÃO PAULO (Reuters) - A oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Santander Brasil poderá alcançar 15,6 bilhões de reais, considerando a venda integral dos lotes inicial, suplementar e adicional de ações, confirmado as expectativas de ser a maior operação de estreia na história do mercado acionário brasileiro.

O espanhol Santander informou nesta segunda-feira que planeja oferecer ao mercado cerca de 16,21 por cento de sua unidade brasileira.

O lote inicial da oferrta é composto por 525 milhões de units, cada uma composta por 55 ações ordinárias e 50 ações preferenciais.

O preço de cada unit é estimado na faixa de 22 a 25 reais cada. Assim, apenas o lote inicial deve movimentar entre 11,550 bilhões e 13,125 bilhões de reais.

Há ainda opção de lote suplementar de até 75 milhões de units e adicional de 25 milhões de units, em caso de excesso de demanda. Caso esses lotes sejam vendidos integralmente, a operação ficará entre 13,750 bilhões e 15,625 bilhões de reais, considerando o intervalo de preço estimado por papel.

O período de reserva vai de 28 de setembro a 5 de outubro. No dia seguinte, 6 de outubro, ocorre a fixação do preço das units.

Os papéis começarão a ser negociados em Nova York no próximo dia 7 e em São Paulo em 8 de outubro.

O varejo poderá ficar com entre 10 e 20 por cento das units oferecidas --o investimento mínimo é de 3 mil reais e o máximo 300 mil reais.

A coordenação da operação é feita pela própria unidade brasileira do Santander, com apoio de Credit Suisse, Merrill Lynch e Banco BTG Pactual.

O Santander é o terceiro maior banco privado do Brasil, com 10,2 por cento de participação de mercado em ativos até 31 de março deste ano, segundo o prospecto inicial.

Nos seis meses encerrados em junho, a unidade brasileira do banco espanhol representou mais de 20 por cento do lucro líquido do grupo e 53 por cento do ganho na América Latina.

O IPO do Santander Brasil tem garantia firme dos bancos que estão coordenando a operação.

(Por Judy MacInnes; reportagem adicional de Alberto Alerigi Jr. e Cesar Bianconi)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host