! Fibria reajusta celulose em US$50 por tonelada em outubro--fonte - 22/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

22/09/2009 - 19h33

Fibria reajusta celulose em US$50 por tonelada em outubro--fonte

Por Stella Fontes

SÃO PAULO (Reuters) - A Fibria, resultante da união entre VCP e Aracruz, comunicou a seus clientes que implementará um reajuste de 50 dólares no valor da celulose a partir de 1o de outubro, disse uma fonte do mercado a par do assunto.

Trata-se do quinto aumento do insumo neste ano, em meio à desvalorização da moeda norte-americana, referência dos preços da commodity, e à demanda chinesa aquecida.

Procurada, a Fibria --maior produtora mundial de celulose branqueada de eucalipto-- informou, por meio da assessoria de imprensa, que não se pronunciaria sobre o assunto.

A fonte ouvida pela Reuters não informou se o aumento será válido para os preços de referência na América do Norte, na Europa e na China.

Com o reajuste de setembro, que foi o quarto do ano, de cerca de 40 dólares, o preço da celulose na América do Norte chegou a 650 dólares por tonelada, na Europa a 600 dólares e na China a 540 dólares.

As cotações, porém, seguem distantes do pico de 840 dólares no mercado europeu em meados do ano passado.

Para analistas, as altas no preço da celulose têm até agora compensado a valorização do real, sem necessariamente representarem um impacto positivo para as margens das produtoras brasileiras.

A Suzano Papel e Celulose, rival da Fibria, vê um cenário de recuperação nos preços da celulose no mundo, com sinalizações de novo reajuste em outubro, segundo o presidente-executivo da empresa, Antonio Maciel Neto.

"Em setembro aumentamos os preços em 30 dólares a tonelada e em outubro há sinalizações de novos aumentos", afirmou o executivo antes de participar de fórum econômico na FGV-SP, nesta terça-feira.

Segundo Maciel Neto, os estoques mundiais de celulose estão baixos, suficientes para cerca de 27 dias de oferta, "perto de níveis pré-crise".

Conforme a assessoria de imprensa da Suzano, a companhia deve acompanhar o reajuste da Fibria em outubro, e um anúncio deve acontecer nos próximos dias.

(Reportagem adicional de Alberto Alerigi Jr.; Edição de Cesar Bianconi e Bruno Marfinati)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host