! Motivos locais e Fed abatem bolsas da Ásia, Japão é exceção - 24/09/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

24/09/2009 - 08h06

Motivos locais e Fed abatem bolsas da Ásia, Japão é exceção

Por Susan Fenton

HONG KONG (Reuters) - A maior parte das bolsas de valores da Ásia terminou em queda nesta quinta-feira, refletindo motivos locais, como moedas mais fortes, quedas de commodities e uma cautela após o Federal Reserve gerar um temor de redução de estímulos.

O índice Nikkei, de Tóquio, contrariou o movimento dos demais mercados asiáticos, subindo 1,7 por cento, para 10.544 pontos, após um feriado de três dias. O desempenho espelhou ganhos registrados no restante do continente logo no início da semana.

A fabricante de produtos eletrônicos Sony saltou 3 por cento, após ter dito que as vendas do console PlayStation 3 cresceram impulsionadas por um corte de preço feito no mês passado.

Na contramão, a Japan Airlines despencou 18 por cento, para um nível de baixa recorde.

Em XANGAI, houve ganho de 0,38 por cento no índice acionário.

Nas demais praças, os investidores tomaram fôlego e o indicador MSCI que reúne as principais ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,03 por cento, para 390 pontos às 7h56 (horário de Brasília).

Os papéis negociados em SEUL cederam 1,03 por cento, para 1.693 pontos, com alguma preocupação de que o fortalecimento do won possa prejudicar a competitividade de exportação do país.

Houve também vendas por parte de investidores estrangeiros após comentários na véspera do Federal Reserve de que irá desacelerar a compra de ativos relacionados a hipotecas, em um movimento que vai na direção da retirada dos estímulos econômicos norte-americanos.

O índice Hang Seng, de HONG KONG, afundou 2,52 por cento, enquanto a recém listada na bolsa Metallurgical Corp of China, companhia de engenharia e a maior oferta pública inicial de ações até agora neste ano, desabou 13 por cento abaixo do preço de emissão, conforme investidores temiam a projeção para a indústria de aço chinesa. Os papéis de bancos também caíram.

A bolsa de SYDNEY recuou 0,69 por cento, derrubada pela queda dos preços de metais. O índice de TAIWAN caiu 0,71 por cento, acompanhando as perdas em Wall Street na véspera. A praça de CINGAPURA se desvalorizou em 0,69 por cento.

Os mercados estarão atentos à cúpula de líderes do G20, em Pittsburgh, em busca de mais indícios sobre a saúde da economia global e quando os governos começarão a suspender as medidas extraordinárias afotadas para sustentar o crescimento em meio à crise financeira.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host