! Troca de dívida do CIT Group pode custar US$1,8 bi aos EUA - 02/10/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 16h25

Troca de dívida do CIT Group pode custar US$1,8 bi aos EUA

NOVA YORK (Reuters) - Caso o CIT Group de fato faça a troca de dívida proposta, com o objetivo de evitar um pedido de concordata, o governo dos Estados Unidos pode perder quase 80 por cento do empréstimo de 2,33 bilhões de dólares que concedeu à instituição financeira.

O provável prejuízo de 1,8 bilhão de dólares, no entanto, seria apenas mais uma mancha sobre o programa de resgate ao setor financeiro do governo norte-americano. Uma autoridade do governo afirmou, na semana passada, que o TARP, como é conhecido o pacote na sigla em inglês, pode ter salvo o sistema financeiro do colapso total, mas fracassou em alcançar alguns de seus outros objetivos.

Partes do programa governamental podem sofrer prejuízo, acrescentou o inspetor-geral especial do TARP, Neil Barofsky.

O governo norte-americano comprou 2,33 bilhões de dólares em ações preferenciais do CIT em dezembro de 2008, como parte do pacote de socorro ao setor financeiro. Em julho, o CIT solicitou uma ajuda adicional do governo, mas as negociações não foram bem sucedidas, e a empresa foi forçada a buscar financiamento por conta própria.

Sob a proposta de troca de dívida, investidores com ações preferenciais e títulos trocados por ações dessa mesma classe ficariam com 97,5 por cento do CIT, o que equivale a cerca de 15,7 bilhões de ações. Isso significa que o número total de ações excedentes do CIT ficaria em 16,1 bilhões.

Caso o governo fique com 2,4 por cento de participação no CIT, caso passe a proposta, os EUA teriam 386,4 milhões de ações. Nos atuais preços, isso valeria cerca de 490 milhões de dólares, ou cerca de 1,84 bilhão de dólares a menos que seu valor em dezembro.

(Reportagem de Dan Wilchins)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host