! BRICs mantêm pleito de maior participação no FMI, diz Mantega - 03/10/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

03/10/2009 - 10h08

BRICs mantêm pleito de maior participação no FMI, diz Mantega

ISTAMBUL (Reuters) - Os líderes das nações emergentes que compõem os BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China) mantêm a demanda de alcançar participação de 7 por cento nas cotas do Fundo Monetário Internacional (FMI), disse neste sábado o ministro da Fazenda do Brasil, Guido Mantega.

Mantega falou sobre o assunto uma semana depois de um encontro do G20 em Pittsburgh, durante o qual se concordou que a participação dos BRICs deveria ser de 5 por cento.

"O que foi acordado é apenas o começo de uma mudança maior", afirmou Mantega a jornalistas após um encontro com seus pares dos BRICs em evento do FMI em Istambul.

"Cinco por cento é o mínimo, decidimos continuar lutando por 7 por cento", ressaltou. "Nós ainda achamos que estamos pouco representados".

Pela primeira vez na história, países dos BRICs contribuíram com recursos para um fundo do FMI de combate à crise.

"Se nossas condições não forem aceitas, acreditamos que será difícil manter a contribuição para o fundo (NAB, na sigla em inglês)", disse Mantega.

As nações dos BRICs querem ser informadas sobre a maneira como os recursos do fundo estão sendo gastos.

Mantega contou ainda que o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Tim Geithner, participou do encontro dos BRICs neste sábado.

"Há convergência entre o que pensam os BRICs e os Estados Unidos mostraram simpatia por isso", afirmou.

Mantega propôs ainda que o G24, grupo de reúne nações em desenvolvimento, tenha um assento no G20.

(Por Axel Bugge)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host